Amigos corredores

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Desafio Nike 600k - Parte II

Equipe de Belo Horizonte vence o Desafio 600K

Depois de quatro dias de competição os 240 atletas do Desafio Nike 600K completaram a maior corrida de revezamento brasileira. Ao todo 21 equipes de diversos estados do país correram 600 quilômetros entre as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

A competição foi dividia em quatro dias. A largada aconteceu no Parque do Ibirapuera, São Paulo, na quinta-feira (22) às 5h da manhã. Até sair da capital paulista, os atletas enfrentaram muita chuva e raios, principalmente na rodovia Anchieta.

Os maratonistas Franck Caldeira e Vanderlei Cordeiro foram os padrinhos do evento. Eles correram todos os trechos inicias da prova. Na largada principal, Franck se surpreendeu com o Desafio. “Nunca participei de nada igual. Correr no primeiro dia na Anchieta com aqueles carros na pista do lado e eu com uma pista só para mim foi muito bom. Me senti um caminhão”, conta.

Também no primeiro dia, os atletas enfrentaram trechos com lama, descidas e longos percursos na areia. A chegada aconteceu em São Sebastião. Já no segundo dia, sexta-feira (23), as equipes fizeram o trecho mais longo do Desafio. Foram 220 quilômetros entre São Sebastião e Angra dos Reis.

A chuva, que acompanhou a prova no primeiro dia, ainda persistiu. Foi só no terceiro dia, que o sol apareceu com força total, já no estado do Rio de Janeiro. Para o treinador Nelson Evêncio, que correu pela equipe Nike Corre, o sábado (24) foi o dia mais difícil. “Nunca corri um trecho tão feio e pesado como o de sábado. Tinha uma estrada que parecia a Dutra e para piorar estava em obras”, lembra.

As equipes terminaram 590 quilômetros de prova na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro por volta das 17h. Depois só restaram mais 10 quilômetros de Desafio, realizados nesse domingo (25) junto com a corrida Nike Human Race.

Vencedores - A disputa pelas primeiras posições do Desafio foi acirrada do começo ao fim. Mas a equipe de Belo Horizonte foi mais constante e faturou a primeira colocação com o tempo total de 38h22min55.

“Não viemos para participar viemos para ganhar. Todos nos temos limites e temos que superar. Treinamos e conseguimos superar esse desafio. A grande alegria do esporte é essa: unir as pessoas”, diz Péricles integrante da equipe BH. A segunda posição do Desafio ficou com a equipe de Curitiba no tempo de 38h43min14. Já a terceira posição foi para a Carioca Runners do Rio de Janeiro (39h13min13).

Fonte: www.webrun.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por passar correndo por aqui! Deixe sua marca, se quiser.